fevereiro 2013


Eu tinha separado a foto. Eu tinha ficado triste. Eu tinha quase que decido não falar . Mas é impossível deixar passar a perda recente de meu colega ( e que honra dizer isso ) Joelmir Beting. Profissional Brilhante. Sua ascenção se deu na medida que seu trabalho apareceu . Mestre no jornalismo criou uma maneira nova de falar de economia e de explicar para o público aquilo que somente poucos entendiam. De verdade, fez  os fatos serem notícia  porque inteligíveis. Sua discrição e excelência me deixam num vazio …. na TV só vemos personagens , vozes estridentes, pessoas com cara de plástico  e gente que chegou aonde vemos sabe-se lá porque … É uma pena mas, ao mesmo tempo, foi uma prazer ter contado com sua presença e ter escutado algumas vezes – ao vivo – suas palavras sobre a profissão.joelmir BetingNunca fui uma jornalista de carteirinha – daquelas que morre por uma vaga na redação mas atualmente volto acreditar nas palavras de Joelmir e do meu mestre de sala de aula Fernando Ferreira ( que me ensinou tudo o que sei sobre texto jornalístico) – tenho gosto em escrever sim , vocês dois tem razão . SEMPRE.

Anúncios

Moda , modismo, mania … o fato que na Europa tá todo mundo usando . É bem verdade que já faz tempo que os lenços fazem a cabeça da mulherada por lá mas … agora a mania vem mais descolada e ligada a looks bem variados … tem lenço estampado , preto e dourado ; tem lenço caro, emprestado, achado fashion no brechó da esquina  ; tem lenço com estampinha de menina e tem lenção caras e bocas mulherão !

Vem na versão verão e também para o invernão ! EU APROVO !521082-Como-usar-lenços-de-cabeça-3 dg lenço

Lenço na praia super charmoso , lenço de Grife Mega poderoso ( D&G)

lenconacabeca2Todos os lenços do mundo – para todo mundo !

Paperman-6Um super brinde ao romantismo e ao destino … caminhos cruzados na simplicidade de aviões de papel ….Oscar de melhor animação merecidamente emociona a platéia e, por sorte minha, assisti na telona ! Como tenho um legítimo Paper Man em casa acredito que nossos corações tenham se encontrado mais ou menos da mesma maneira ! LOVE

Pois então : sou uma pessoa que acha mesmo que é implicante . Implicante deve ser o nome que se dá as pessoas que não gostam de quase nada que todo mundo gosta e que a maioria acha legal de montão. Sendo assim raramente gosto de alguma das atrizes que fazem sucesso hoje em dia . E como a minha opinião é irrelevante para alterar a sua e ainda não faz a menor diferença para a indústria cinematográfica não vejo problema algum em expressá-la aqui ! Anna Karenina é uma das histórias que mais amei ler em minha vida . Acho longa e intensa , tanto quanto conturbada e apaixonante. Muitas versões no cinema fazem parte de minha , digamos , coleção de Annas. Mas I´m really sorry but I don´t like Mrs Keira Knightley. O fato da moça ser inglesa me atrái posto que adoro o Reino Unido e tenho a tendência de acreditar que os atores europeus são melhores do que a maioria dos americanos. Mas, tirando a nacionalidade, a atriz não me convence em sua magreza exagerada , e seus ares dramáticos de escola cara . O filme é belo a, direção de arte  linda e cuidada e os figurinos com uma opção bastante mesclada – época e ícones fashion – muito interessante e valeram um Oscar a produção. Mas prometam dar uma olhada no filme do mesmo título de 1997 – a protagonista é a linda Sophie Marceau – e os figurinos …UAU ! Um estrondo . A critica diz que o filme é fraco . Eu já o vi há tempos mas recordo que no período me causou boa impressão….

Dêem uma olhada nos meus arquivos Anna Karenina e …em algumas fotinhos da expo de figurinos desta versão em cartaz ( surpresa !) em Londres.ana gretaAh? é isso mesmo gente ! Todo mistério e silêncio do mundo na Anna Karenina de Greta Garbo.

ana vivian LeighVivian Leigh também foi Anna – beleza estonteante e representação da época dos grades estúdios.

Ana1985 Jaqueline BissetEm 1985 Jacqueline Bisset deu vida ao personagem em uma atuação comentada como  surpreendente pela crítica. A Anna da atriz era triste e amargurada .

A PERFEITA:

anna-karenina-sophie-marceau-photoComo se tivesse saido das páginas dos livros – Sophie Marceau na película de 1997.

MSDANKA EC008Figurino de época super bem cuidado com belíssimas cenas de bailes.

E a exposição prometida em imagens tímidas : alguns spots do figurino da versão oscarizada !

Anna-Karenina-2012-Joe-Wright-Keira-Knightley-Ham-House-FigurinosReparem nas sapatilhas – marca sonho de consumo de muitas bailarinas .

Anna Karenina fotoO vestido preto e o amante de Anna em cena !

ana k2E o tipo de crinolina ( armação artificial de quadril ) utilizada em algumas peças no filme.

sister 1

Esta é uma marca que realmente me entusiasma ver o desfile . É um trabalho tipicamente londrino e eu gosto . É divertido, traz idéias novas e ao mesmo tempo visista as tendências da temporada mas não perde a ironia e a pegada street que faz da Inglaterra um espaço de moda diferenciado . A maraca aposto como outras no tricô e no croche . Abusou do peso em alguns pontos e não deixou de editar os fluffs que aparecem em quase todo inverno em Londres .sister2Misturando texturas às formas da década de 1940 e ainda trazendo algumas estampas o brad se afirma como um espaço com cara de moda diferenciada sisterMeu favorito no pretinho nada básico!Sister and Sibling

Importante – tênis de cano alto são os calçados oficiais visto nas passarelas da Sisters – usados com saia são uma mania que corre a Europa!

Falar em 1960 estando na semana de moda de Londres é até engraçado porque parece que você está num cenário e os personagens começam a sair de todos os lados .Nas passarelas a inspiração meio Swinging London é frequente e por lá ( além das tendências de mercado e do que vemos nas vitrines ) aparentemente o pessoal gosta muito desta época em que a cidade fervilhava com comprimentos minis e Mary Quant disputava com o Enfant Terrible – YSL – quem era o dono desta ousadia . Hoje os tempos são outros e a década de  1960 aparece nas trends views ao lado (ainda) da insana mania 1980 e  dos recentes 1990 que tabém tiveram revival desta década dos Beatles e da Jovem Guarda . Mas que confusão danada ! Estamos falando de 1960 com olhos de 1990 …pois é … a coisa é feia mesmo . A busca frenética de novidades e a simulação constante de algo espantosamente inovador faz estas dobras nas temporalidades . O resultado são shows que exibem muitas formas retas , vestidos de estrutura tubular e pernas à mostra  ao mesmo tempo em que a internet permite compras “in real time” ! E fica a pergunta o que é mesmo tempo real a essa altura dos acontecimentos ????????

mary-quant-photo-by-john-dumont-1966

Dá uma olhadinha no que você já pode comprar para compor este look sem alarde :

 

2965015 (1)From Mrs Beckhan – isso aí modelito da Posh Spice  !

max maraVersão Max Mara da tendência

Quando Alexander McQueem morreu o mundo da moda ficou de luto de verdade . O design inteligente perdia um de seus cérebros. Mas como todo cérebro pensante McQueem imprimiu sua marca e a mesma está presente no desfile da MCQ que seria seu segundo brand . Como aqui  é o caso é de alguém que, de fato, possui assinatura , pouco importa se a marca é a primeira ou a segunda … grafadas estão as digitais deste gênio nos produtos desenvolvidos  mesmo que in memorian … Espero que assim seja por longa data !MCQ_03_426x639YES OF COURSE! Século XIX e Inglaterra nas inspirações . Apaixonado por história e indumentária McQueen sempre trouxe toques do passado em suas coleções sem , no entanto , perder de vista a mulher atual. – A Urbanização advinda com a revolução industrial e os Gentlemans , Dandis ou mesmo os ricos burgueses são o espectro da Londres do do século XIX , some-se a isso a cultura urbana local . That´s it! Dandi Street Syle – mais contemporâneo IMPOSSÍVEL!

MCQ_04_426x639E como o inverno está ainda cheio de brancos – eu já falei disto em outros posts e provavelmente vocês ainda vão ler por aqui mais sobre a White Winter Global Fever :MCQ_07_426x639Notaram que os fofuchos andam de fato aparecendo em várias coleções – pelo , pelinho e pelão estão à todo vapor nas coleções , principalmente na LFW que acompanhei na íntegra !MCQ_09_426x639Tecidos da alfaiataria clássica , mil e uma invenções na modelagem tradicional e  polainas reeditadas nos calçados – quebrando as regras !MCQ_10_426x639Zebrado: um toque de animal print!MCQ_14_426x639Um toque MCQ de animal print!

P.S. OS calçados da coleção já são “must have” da temporada !

Próxima Página »