Beleza


Suspeitíssima para falar deste assunto …mas e tempos em que bailarinas loucas ganham o Oscar… lá vamos nós. Tenho intimidade com o assunto pois além de ter sido bailarina por mais de 2o anos o coque é uma marca registrada minha. Tenho um cabelão grandão e pasmem os que não me conhecem : vivo com ele preso nas voltas de um coque!!!

Muito embora ache curiosa a tendência dos figurinos de balé junto a moda. A idéia não aparece pela primeira vez mas, agora é incentivada pelo sucesso do Cisme Negro que arrebatou corações ao falar da miséria humana  através dos bastidores do ballet clássico. Nessa onda de trazer tutus, tules e casaquinhos cache coer, sapatilhas e camisetas e sobreposições a baila …o coque resurge das cinzas e o que já vinha timidamente aparecendo nas passarelas tornou-se presença obrigatória entre aqueles que pertecem ao universo fashion.A musa Audrey  já vinha encantando com seu estilo glamouroso dos figurinos dos filmes mais estilosos da história do cinema.O editorial da Vogue confirmava a tendência junto a mescla de referências as décadas de 1950 e 1960.

E agora no estilo bailarina o coque se confirma como uma tendência:

O meu vem dessa inspiração aí ô:Pouco glamour, muito suor e dor e esse crochezinho que eu achava feioso !!Hoje adoro as redinhas ( escuras) e ainda descobri umas decoradas em Londres que fazem o maior sucesso !

Anúncios

Belo trabalho em um filme que no todo ..não é grande coisa. Mas Oscar foi para Alice de Tim Burton no MELHOR FIGURINO . Composições muito criativas  com várias referências a História da Moda( no chapeleiro prevalece o século XIX- vide post sobre este personagem aí no blog- na rainha as informações vem do século XVI em sua segunda fase – de 1550 a 1600) e as ilustrações da obra de Carrol. Uma palheta de cores impressionante completada pela maquiagem e por um trabalho de visagismo de fazer chorar! Resultado lúdico, bizarro e autoral .. a cara do Diretor , de sua mulher ( a rainha aí acima ) e de seu beloved actor Jonhy Dep!!!

Desta vez estou defendendo a AVON do preconceito. Longe de ser uma marca de produtos de beleza de baixa qualidade a Avon é renomada e possui prêmios que garantem a eficácia de seus produtos. Vou listar para vocês o que eu testei e aprovo.Meninas e porque não meninos – o delineador Metalic preto é o que há! preto de verdade tem excelente cobertura, dura praticamente o dia todo e é fácil de aplicar . Para mim não tem concorrentes. Palavra de quem já usou várias marcas peso pesado e continua preferindo este da AVON!

A pré -base Face Perfector é genial . Funciona como a maioria dos pré makes  e custa bem mais baratinho ( uns 38,00 imaginários)!!Corretivo:  Ideal Shade …acho que o nome é este … é muito eficáz. Palavra de uma Byroniana ou traduzindo , de quem mesmo sem passar a noite em claro escrevendo poesias e bebendo absynto nos idos do século XIX tem olheiras nem tão cheias de lirismo assim! Boa cobertura , não deixa traços feios e você pode escolher as tonalidades. O formato de bastão mais fino é bem prático.Presente no catálogo de várias marcas também pode ser encontrado na Avon há algum tempo ( já mudou até de embalagem …está mais clean e arrejada) , o desodorante clareador realmente funciona e os resultados podem ser comprovados ainda na primeira semana de uso. Custa barato e dependendo da época o preço não chega nem a 4,00 imaginários.Sempre acredito que a ida ao dermatologista é fundamental mas usei este creme clareador e funcionou muito bem . Explico:não tinha manchas sérias somente desejava dar uma unificada na pele depois que o verão passou e o bronze todo saiu . Repito então: eu não estava com manchas , nem com descascados de sol e etc.Para finalizar vai aí a dica do creme que não vivo sem : hidratante para os pés -extra secos . É o ideal para quem quer usar sandálias rasteiras o verão inteiro e sobreviver com os pés lindinhos ou ainda para quem deseja se manter com os pés bonitinhos mesmo dentro dos calçados e das botas no inverno! A embalagem é a mesma do passado mas a identidade visual mudou na linha toda. Essa já é a nova cara do produto.