Alunos e seus projetos


Sempre repito aos alunos que pensar dá trabalho e inspirada por Deleuze digo ainda que é preciso fazer uma certa ginástica com o cérebro e dar tempo ao pensamento para que ele se expresse.

Neste semestre corrido e tumultuado tive gratíssimas supresas que me deixaram não só satisfeita mas igualmente mais crente ainda : quem faz coisas boas é quem é bom e, quem é bom é quem pensa!

Na frente vem a galera da turma de História dos Estilos -PUC – o trabalho que fizemos na base da experimentação conceitual teve excelentes resultados desses que dariam tranquilamente para escrever um artigo e apresentar em um congresso por aí . O trabalho de seleção de imagens, desconstrução e montagem seguido de texto apresentou novas perspectivas para o debate das imagens contemporâneas como possuidoras da capacidade de mediação social – ou seja, a partir dos universos revelados individualmente conseguimos ver que vivemos no mesmo mundo e – pasmem ! – passamos pelas mesmas situações, emoções e partilhamos os mesmos sonhos e aflições. Vocês são um luxo e merecem aplausos!

Na aula de História da Indumentária – PUC- tudo trascorreu bem e a maioria dos trabalhos apresentados foi de qualidade mas se faz necessário destacar o Memory Book da Ingrid que é de PP e  fez um trabalho INCRÍVEL mostrando domínio da moda , da história e construindo uma belíssima memória das aulas – que ela me disse terem sido “iluminadoras” . Obrigada Ingrid – esse sem duvida foi um dos elogios mais bacanas que já recebi!

Na aula semiótica minha luta para fazer os cérebros fazerem ginástica continua e parece que as vezes dá bons resultados . Mas no caso da Gabriela Veras essa ginástica ela já faz então no final do período além do trabalho da caneca apresentada em 3 sentidos diversos que eu adorei – a luminária e a caneca Starck são nota 10 – ela me mostrou também o trabalho desenvolvido com Cristiano Mere outro ex aluno cabeça pensante. Belo vídeo com questões que fazem parte das reflexões a respeito do estilo atual , da produção de imagens contemporâneas e do que somos nós e nossa civilização de imagens.

De presente nesse semestre ganhei também um pessoal de primeiro período muito simpático e que promete : promete coisa boas . No Centro Paulo é genial e seus amigos – que parecem inseparáveis também me inspiram a acreditar que o design é mesmo a profissão do presente e do futuro. Na Barra a sinceridade também apareceu e isso não é para se desprezar nos dias de hoje . O mercado precisa de gente apaixonada: por isso Nelson  seja muito feliz e continue levando seus sentimentos para a vida , a sala de aula , o escritório.

Antroplogia da Moda : BOMBANDO – textos etnográficos excelentes! O resultado vem de pesquisas de campo e da observação de grupos urbanos . Tudo publicável , tudo o que eu espero que vocês possam ler em breve .

HIstória da Joalheria: sensacional ! Os estudos sobre história e significado simbólico cada vez me encantam mais e a cada semestre os books e exercícios produzidos me deixam mais entusiasmada!

Assim termino este longo post antes das férias dizendo que foi um prazer . E finalizo também não esquecendo da elegância e do interesse do Eduardo( UNESA) , da vivacidade e interesse da Thalita (PUC) , da euforia do João Batista(UNIPLI), do talento da Amanda(UNIPLI) e do fantástico trabalho das lâmpadas apresentado na aula de semiótica!

Anúncios

Gente olha que tudo o trabalho apresentado pelo pessoal da São Francisco Academy of Arts na Semana de Moda de NY…. Os alunos de design de moda trabalhando conceitualmente cores e formas. É isso o que a gente quer ver… experimentações que certamente só vão render produtos comerciais mais criativos !!! Vivenciar as peças conceituais , os looks menos usáveis faz parte do universo de quem opta pelo design de Moda … ao contrário de quem não entende do assunto e fala que isso não existe mais o que não existe mais no mercado é gente que não pensa ou que pensa que conceito é alguma coisa tipo parafernália e só . Meus amores desde de os gregos conceito quer dizer idéia!! E se não forem os designers a terem idéias então … estamos lascados mesmo!!!

Com base em textos literários do século XIX meus alunos de Design de Moda da UNIPLI ( 2ºp) realizaram excelentes trabalhos. Vai aí uma idéias do que foi produzido junto com o meu “parabéns” para todos que de fato realizaram uma imersão no contexto romântico, fantástico e por vezes sombrio do século encanta a todos nós.Inspiração na leitura de Dom Casmurro de Machado de Assis .

Inspiração na leitura de Drácula.

Turma  da Pós Graduação em Joalheria da PUC.

FOI UM PRAZER!

São as peças desenvolvidas por Cris Martins que você encontra no blog e na loja virtual dela (cristina-martins.blogspot.com). Cristina foi minha aluna é designer de moda e uma viajante convicta. Morando sempre mundo a fora e as vezes a dentro suas criações são especialíssimas como o inesquecível vestido de cactus do seu projeto final de graduação em moda.As  técnicas aplicadas em seus produtos são ao mesmo tempo artesanais e “very fashionable” nada hippie ou sem acabamento preciso. Cris produz  broches em forma de pássaros e uma série de delicadezas lindas de consumir e usar na certeza de estar vestindo algo muito singular.E me diz uma coisa o que é essa pantufinha de tecido forrada??? TUDO DE BOM !!!!

Roberto Alvmello sempre foi um aluno brilhante. Ilustrador de moda como poucos não se contentou com o fato de desenhar bem e com muita personalidade. Estudou muito e continua estudando sempre e isto faz de Roberto um talento em permanente redescoberta. Com afeição especial pelos modelos de festa ele desenvolve um trabalho com diferencial SOB MEDIDA. Roupas autorais , criativas e super elegantes. Não é nada alternativo  é roupa chique com cara de roupa chique ! Mas a diferença está na assinatura . Um trabalho diferenciado oferecido para cada cliente. As referências vem do cinema, das décadas passadas e de muitas musas. Eu tive a sorte de ser uma delas !!!! Imaginem ? eu inspirei uma de suas coleções!!!

Roberto é romântico também tem uma linha de camisetas incríveis com bordados e aplicações . Vamos torcer para que ele faça jaquetas, camisetas e um day by day cheio de personalidade como ele!Afinal nosso cotidiano também pode ser uma festa se for se a roupa for de Roberto Alvmello o sucesso está garantido. Palavra de cliente satisfeita!

P.S. Ele está no FACEBOOK

Brilho de estrelas – um universo cheio de luz… este é o tema que a aluna ENIF apresentou como trabalho de conclusão de curso na área de Design de Moda (UNIPLI) . Vocês devem estar se perguntando de onde veio essa idéia pois Enif é uma estrela situada cerca de 500 anos luz do sol e a aluna que tem o nome desta estrela de luz laranja resolveu falar das visões que temos do universo e dos céus, do  que povoa a lírica e a ludicidade humana desde que o mundo é mundo!Nas peças, uma delas usada pela designer, o brilho se faz presentíssimo no cetim e em pontos formados de pequeninos cristais.

Próxima Página »