PAPEL


Além da assinatura de nomes expressivos no design a Melissa explora também auto referências – vamos chamar assim . Foi isso que os Irmãos Campana fizeram de maneira muito criativa e eu diria emocional. A Melissa Papel faz uma citação explícita a um dos materiais não só mais utilizados mas uma espécie de base de tudo e mais uma super tendência  de consumo . As peças e objetos de papel voltaram a ser vistas como novidade ainda mais tendo em pauta a questão da sustentabilidade ( veja alguns posts no tag papel) . O suporte dos suportes, o funcional,  o rústico e  finalmente cult –  papelão ondulado na versão Campana para Melissa.

A inspiração:

Genial não ??

Anúncios

Esses são os castelos mais originais que eu já vi.  Sou como meu aluno Alexandre de Antropologia da Moda de 2010/01- acredito em algum romantismo – os brinquedos de papelão de Ann Wood são criativos e educativos; fáceis de montar e feitos em um material pra lé de sustentável são também poéticos pois apesar de serem de papelão representam os sonhos de toda menina!

A cada dia que passa , principalmente com a quantidade de novos materiais supreendentes que aparecem e com as novas tecnologias que invadem nossas vidas , presto mais atenção no potencial guardado em um dos mais tradicionais suportes: o papel.Tendência mundial em termos de pesquisa o papel vem sendo explorado inclusive por seu potencial em ser reciclado sendo reconhecido como um material sustentável podendo inclusive ser associado a empresas que extraem a matéria prima do mesmo de forma ecologicamente correta o que inclui replantio e reflorestamento como políticas institucionais.

A artista plástica australiana Anna Wili nos mostra como a utilização do papel pode gerar obra inéditas, donas de um lirismo e de um mistério caros aos objetos que possuem aura – conceito de Walter Benjamin o qual( resumidamente falando)se refere a unicidade , a singularidade que é capaz de fazer com que vejamos e sintamos ARTE . Os objetos em nossa era teriam a tendência a perder essa aura posto que a reprodutibilidade advinda com o avanço técnico faria com que a capacidade de produção de algo original fosse se perdendo ainda mais em favor da necessidade de fazer mais em menos tempo. Porém a despeito desse temor e ,na verdade, constatação  ainda temos a chance de encontrar gente que nos surpreenda!!!!!Para quem quiser ver mais:

http://www.annawilihighfield.com/