janeiro 2011


http://livestudieshs.blog.terra.com.br/o_libertino

O link aí de cima é do meu blog antigo no post falo do filme o Libertino que traz um retrato inusitado do século XVII. Perfeito em atuação e figurino o Libertino mostra o Barroco de Corte de forma pouco palaciana embora suntuosa.


Rochester personagem principal em retratação da época e …na pele do sempre genial Johnny Dep

A nova coleção da Melissa para o Inverno começa a dar o ar de sua graça …. Alguns modelos repetidos com roupagem nova e muita coisa inédita. A maior dúvida com relação as novidades é o conforto. Apesar de sabermos que a Melissa  se vale ( e investe ) no valor emocional de seus produtos chega um momento em que a materialidade se faz presente e … os sapatos precisam, no mínimo, entrar nos pés uma maneira razoável … mesmo que seja mais para exibí-los do que para andar e mesmo que a exibição seja mais para si mesmo do que para o mundo.Quem usa e gosta de Melissa entende do que estou falando!A Dreaming é um modelo básico com bico afilado e fechado. Lembra a Ultra ( aquela do buraquinho pequeno na frete) e repete o laço com aplique já que o mesmo parece ser um filão de sucesso mais que garantido. Nas cores aparecem dois modelos flocados, dois da cartela de inverno e dois da linha cute , quer dizer fofinhos!Na linha dos saltos a parceria com Vivienne Westwood continua e mantém sintonia com os modelos que designer desenvolve em sua segunda marca a RED – uma mistura de Mary Jane com scapin gera um modelo bem bonito em cores muito variadas e a novidade: flocado em rosa choque e azul claro. Espero que dê para usar sem sair do pé !!A Melissa Enjoying segue a linha do conforto apostando no sucesso do Oxford. Como pouca gente comprou a primeira versão da marca estes vem mais delicados com um vazado que remete a palha ( lembra daquelas cadeiras ?) mesmo no inverno. O resultado é bacana e o dourado é uma ousadia que pode combinar bem com vestidos e jeans.Na linha dos modelos conceito ou estranhos mesmo a Melissa Feeling cumpre bem o papel de ser um enigma: não sabemos se calça bem no pé, se é confortável e nem sabemos direito se é bonita … o fato é que nesse tipo de produto nada disso importa a diferença é o que vale e isso a Feeling traz  – diferença mesmo lembrando um pouco o Oxford de salto do Herchcovitch .

 

Queridos leitores e amigos do BLOG vocês vão me ajudar muito se deixarem comentários sobre a Melissa na vida de cada um. Se são admiradores, se amam  a marca , se usam , se odeiam, se existe uma história apra contar. Deixem sua opinão pois a colaboração será valiosa para meu trabalho de Doutorado. Agradeço contando antecipadamente com todo mundo!

Vamos conferir ?

Me desculpem mas … todo mundo sabe que essa coisa da antecipação é vício e quase que obrigação de quem trabalha com a moda então já que é assim … dêem uma olhada no desfile de Jill Sander – masculino.A ousadia das cores pode parecer imensa quando se trata deste segmento mas no entanto tirando os “total looks” acartela é perfeita para ser conjugada com peças em tons neutros e com cortes precisos, quase tradicionais. Belíssimo trabalho que mantém ainda a identidade da marca que tem fama de  minimalista!

P.S. e nem precisa dizer que esta cartela de cores deve ser anotada !!

Projeto Melissa Academy inaugura parceria com escolas de design – a primeira foi a HEAD de Genebra. A idéia é colocar os jovens designers para criar suas versões da Melissa  transformando cada vez mais o sapato em um objeto de design.

 

Na ilustração :projeto de Morgane Ribeyrolles

Achei o desfile do Cantão muito bom. Peças bonitas e com aquela edição que a gente ensina os alunos a montar no desenvolvimento de coleção e nos projetos de design de moda. Estampas na peça toda, numa parte da peça seguinte e depois já se misturando a outro motivo ou textura . Assim numa sequência vamos vendo todas as apostas da marca sem aquela caretice de uma família só disso e outra só daquilo. Essa idéia pode ser boa as vezes mas nem sempre funciona , ok ?

As piceladas de tinta marcaram o desfile.

Depois viraram estampas e cores.

O cinza deu a neutralizada necessária.

E o conforto se transformou em estilo.

P. S. calçados super maneiros!

Para mim esse cara é o Rei ( com maiúscula mesmo, tá !) Nos acessórios não podia ser diferente . A equipe está mais uma vez de parabéns: produtos, styling e tudo o mais. A tendência militar aparece de forma explícita e …linda!  As peças de roupa ilustram o tema e servem de passaporte para os acessórios que podem ser coordenados em diversas produções!

Próxima Página »