Hoje meu marido Prof Paulo Miranda designer de produto especialistíssimo em  embalagens deu uma palestra super bacana para minha turma de MODA, IMAGEM E CONSUMO do Senai Riachuelo. Usando a trajetória das embalagens de leite para exemplificar a mudança de hábitos de consumo e de imagens de produto vimos o leite  saindo da garrafa de vidro, entrando nos saquinhos nojetos e molengos chegando na caixa  e indo para as garrafas plásticas que são atuais , alguns acham chiques mas… lembram as de vidro afinal, justificando que apesar de possuirem um visual moderno trazem o mesmo e tradicional leite puro em seu interior.

Mas quando o assunto é leite de soja. ..vejam que solução criativa e fofa, totalmente inserida na tendência “cute” de consumo: a embalagem plástica lembrando a “fornecedora de leite mais tradicional” mas com manchas em verde … já que o leite é de soja.Diferentemente da garrafa plástica que abre mão dos signos visuais que lembrariam a ordenha, as fazendas ou a natureza , o leite de soja precisa explicitamente conectar-se com a idéia do produto in natura para apresentá-lo como algo saboroso , despertando assim o vículo de memória e emoção relativo ao sabor e a sensação de beber o produto .

Assim fica provado que se os santos de casa nos fazem pensar em tantas coisas interessantes é claro que eles fazem milagres também! Eu e a turma agradecemos a palestra!

Anúncios