2prze5wComo todo mundo anda sabendo ( bem , quase td mundo ..) estou numa fase complicada para sair e ir ao cinema tornou-se um programa que para acontecer deve ser  devidamente agendado junto ao mundo das babás , avós e forças interplanetárias poderosas que permitam conciliar a nossa agenda de pais junto a td o mais !

Quando dá certo nem sempre o filme é bom mas – eis que assitir ao filme Amantes traz uma grata surpresa. Apesar de poucas cenas de sexo , diferentemente do que o título em português induz a história fala exatamente das nossas vidas sempre envolvidas em opções , em escolhas que inevitavelmente temos que fazer. Estamos sempre ligados em pessoas, em projetos, em situações que representam o amor e a razão , o futuro e o momento, a diversão e a complicação , a repetição ou a escolha por algo novo , saudável e diverso dos modelos que as vezes insistimos em repetir.

E insistir em roubada parece as vez ser nossa cena preferida!

Amantes que somos no exercício de nossos dias , estamos permanentemente envolvidos com trabalhos tediosos e projetos artísticos, pessoas estimulantes aparecem mas volta e meia são meio maluquetes também, estamos acostumados a um modo de vida mas uma fusão , uma modernizada não fazem mal a ninguém. É interessante como quase que indiretamente o filme traz estas questões que na medida que são descobertas pelo expectador nos faz imediatamente reconhecer os amantes que somos das coisas com as quais convivemos.

P.S. Rendo-me a atuação de Joaquin Phoenix que desde de Johny Cash havia me emocionado . Todavia  Gywneth Paltrow é um comentário a parte – está linda e absoluta deixando a sensação de que qualquer um pode … e talvez deva … ser abandonado por uma confusa e perdida daquelas . Quem é que vai querer sabe de uma mulher bacana e mais centrada tendo uma louca maravilhosa do lado ?

Anúncios